Diretora de escola é assassinada durante arrastão em Belford Roxo

post-feature-image
Tânia Maria da Silva Lima levou um tiro na cabeça ao não conseguir sair de seu carro durante assalto

BELFORD ROXO - A diretora da Escola Municipal Jorge Ayres de Lima, localizada em Belford Roxo, Tânia Maria da Silva Lima, de 51 anos, foi morta durante um assalto, nesta quinta-feira (30 de março). A professora tinha acabado de sair de uma comemoração de Páscoa do colégio onde trabalhava quando foi vítima de um arrastão na Avenida Automóvel Clube, no bairro Três Setas.

De acordo com a prefeitura, durante a abordagem dos bandidos, Tânia não conseguiu sair do seu veículo e levou um tiro na cabeça. Ela foi levada em estado grave ao Hospital Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, em Duque de Caxias, mas não resistiu aos ferimentos. 

A professora estava na rede municipal de ensino de Belford Roxo desde 1995. Em nota, a Prefeitura disse se se solidarizar "com familiares e amigos neste momento de profundo pesar". 

Secretário assassinado

post-feature-image

Também nesta quinta, outra morte envolvendo um servidor público aconteceu em Belford Roxo. O policial militar reformado e secretário municipal de Defesa Civil e Ordem Pública Marcos Vander Silva de Oliveira, 42 anos, foi assassinado a tiros após bandidos perceberem que ele era um PM durante uma tentativa de assalto. Marcos era segurança do atual prefeito da cidade, Waguinho (MDB).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.