Garis de Belford Roxo são homenageadas


BELFORD ROXO - As garis da Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Belford Roxo tiveram um dia de trabalho diferente e divertido. Nesta quinta-feira (22), elas foram homenageadas pelo mês das Mulheres. Cerca de 30 funcionárias participaram de uma confraternização e de um círculo de palestra sobre à prevenção ao uso de drogas, contra a violência doméstica e cuidados da saúde. A iniciativa envolveu as Secretarias de Serviços Públicos, de Assistência Social e Cidadania, da Mulher, de Saúde, de Segurança Pública e o Centro Especializado de Atendimento à Mulher de Belford Roxo (Ceambel). Atualmente, o município conta com cerca de 80 garis mulheres e esta é a primeira vez que são homenageadas pelo o seu dia.

O secretário de Serviços Públicos Luís Carlos Correia, agradeceu e parabenizou as funcionárias pela dedicação ao trabalho. A secretária-executiva da pasta, Eliane Pereira Francisco, acrescentou que as mulheres são trabalhadoras e guerreiras. “Elas merecem todo nosso respeito”, frisou. A secretária-executiva de Assistência Social e Cidadania, Rosana Moura, parabenizou as participantes. “Sabemos das dificuldades encontradas pelas mulheres no seu dia a dia. São muitas tarefas exercidas como cuidar da casa, dos filhos, dos maridos e do trabalho. Elas são realmente guerreiras”, enfatizou.


A coordenadora da Ceambel, Cláudia Cecília, ressaltou que o Centro conta com assistentes sociais, psicólogas, advogadas e outros profissionais dispostos a atender a mulher vítima de qualquer violência. O Ceambel fica na Avenida Joaquim da Costa Lima 2040, bairro Santa Amélia, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O guarda Municipal Roberto Costa proferiu a palestra sobre o uso abusivo de drogas. “Convivemos diariamente com as drogas, sejam elas lícitas (álcool e cigarro), como as ilícitas. E certamente conhecemos alguém que passa por este problema. Temos que estar preparados para enfrentar esta situação e ajudar a quem precisa”, informou. 

Papel na Sociedade

A psicóloga Simone Passos disse sobre o papel desenvolvido da mulher na sociedade. “Sabemos das diferenças existentes entre homens e mulheres, mas somos guerreiras e já vencemos várias barreiras, especialmente no mercado de trabalho. Temos que lutar cada vez mais pelos nossos direitos”, enfatizou. A assistente social Solange Soares explicou sobre os tipos de violência que podem acometer as mulheres: verbal, física, psicológica, sexual, patrimonial, moral. “Nenhuma mulher pode sofrer qualquer tipo de violência que seja e, caso contrário, deve denunciá-la”, acrescenta. A representante da Secretaria de Saúde, Roselene de Fátima, disse da importância da mulher cuidar da saúde. “Sabemos da incidência de câncer de mama em mulheres, e doenças como hipertensão e diabetes. As mulheres devem se cuidar e fazer sempre o seu preventivo”, disse.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.