‘Guarda Presente nas Escolas’ forma mais cinco inspetores em Belford Roxo

post-feature-image

BELFORD ROXO - A Guarda Municipal de Belford Roxo ganhou o reforço de cinco inspetores que irão atuar no projeto “Guarda Presente nas Escolas”. A solenidade de formatura foi no polo Cederj, em São Bernardo. No total, a corporação conta agora com sete agentes que fazem palestras nas unidades, abordando temas como cidadania e combate às drogas. Os cinco novos agentes receberam certificado. Em 2017, mil estudantes do primeiro ao quinto ano de escolaridade foram atendidos pelo projeto. A próxima edição está marcada para o dia 19 de março, na Escola Municipal Manoel Gomes, em São Bernardo.

Durante dois dias, os inspetores Thiago Silva e Egídio Soares fizeram curso de capacitação na Guarda Municipal do Rio com diversas atividades. O conteúdo aprendido foi repassado aos cinco guardas que se formaram e agora se tornaram agentes multiplicadores. "Nossa ideia é formar mais sete instrutores para alcançarmos o maior número de alunos", explicaram os instrutores Thiago e Egídio, que ministraram uma palestra para alunos do Ciep General Ladário Pereira Telles, que fica em São Bernardo. O tema predominante foi combates às drogas.

O secretário municipal de Segurança Pública, Alberto Vieira, destacou a importância do projeto, que tem um cunho socioeducativo. "É fundamental orientamos as crianças para que elas cresçam sofrendo influências apenas de pessoas de boa índole. Hoje, com a violência urbana, as crianças ficam muito expostas. O projeto contribui muito para uma boa formação", finalizou.

Guarda Municipal há 15 anos, Ricardo Neves, que também é professor de História, é um dos integrantes da nova turma de instrutores. Ele destacou o papel educador do projeto “Guarda Presente nas Escolas. "Iremos trabalhar com crianças do primeiro segmento do ensino fundamental e abordaremos diversos assuntos. O importante é focarmos na educação e na formação dos alunos", argumentou, ao lado dos outros inspetores Marcelo Escarlate, Tereza Cristina, Andreia Batista e Eduardo Carvalho.

Há 14 anos na corporação, o comandante da Guarda Municipal, Luiz Augusto da Silva, frisou que a Guarda sempre foi vista como órgão repressor, mas o “Guarda Presente nas Escolas” possibilita mostrar o outro lado da corporação. “O projeto é importante para levarmos nossa experiência aos alunos. Ficamos felizes quando conseguimos transmitir nossos conhecimentos. Nossa vitória é quando percebemos que conseguimos afastar as crianças das drogas”, finalizou Luiz Augusto.

Participaram ainda do evento o integrante do Conselho Nacional das Guardas Municipais, Manoel Max; a diretora do Cederj de Belford Roxo, Deiseli da Silva;a coordenadora do Conselho Tutelar, Maria de Lourdes Soares; o professor do Ciep General Ladário Pereira Telles, Gilmar Gilson, e integrantes da Guarda Municipal.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.