Para Carroceiro de Belford Roxo falta de combustível não é problema


RIO - Com o desabastecimento causado pela paralisação dos caminhoneiros, nem todo mundo ficou no prejuízo. Para o carroceiro Lázaro Souza, de 26 anos, a falta de combustível não é problema. Ele cria um cavalo em casa e, desde os 14 anos, trabalha com carroça. Há três anos, ele trabalha fazendo entregas para uma loja de materiais de construção no bairro Lote Quinze, em Belford Roxo.

"Para mim, é só cuidar bem do cavalo que tenho como me locomover. Passo até em blitz". Brinca.

Governo do Estado diz que Rio já está retomando a normalidade.


Governador Pezão afirma que o Rio está voltando ao normal. Cerca de 300 caminhões transportando alimentos perecíveis da região serrana do Estado para a capital, desabastecida de legumes, verduras e frutas por causa da greve dos caminhoneiros.

Com início as 0h30, a operação teve destino variado; segundo as forças armadas, o Ceasa-Rj foi um dos destinos.

O governo do Estado acredita que o Rio já esteja retomando a normalidade. Foram transportados, sob escolta, cinco milhões de litros de combustíveis da Refinaria Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, um terço do que seria em dias sem greve. Mais postos estão sendo abastecidos.

“Normalmente são 15 milhões de litros transportados diariamente. Conseguimos transportar um terço disso hoje (ontem, segunda-feira, 28). Queremos intensificar ainda mais amanhã (hoje, terça). Tem um comboio grande saindo agora na madrugada. Acredito que a partir desta noite vai aumentar muito mais ainda o abastecimento dos postos de gasolina e das empresas de transporte”, afirmou o governador Luiz Fernando Lesão (MDB), segundo nota divulgada no final da noite de segunda-feira.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.