Belford Roxo capacita funcionários do Cadastro Único


BELFORD ROXO - Belford Roxo está sediando, durante três dias, o Curso de Formação para Entrevistadores do Cadastro Único na Uniabeu, oferecido pela Secretaria Estadual de Assistência Social e Direitos Humanos, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania. Trinta e duas pessoas estão participando das aulas ministradas pela Coordenação Estadual do Cadastro Único até amanhã (15/05). Um caderno de atividades e o manual do entrevistador auxiliam os alunos nas aulas. De início, foi realizado um teste, onde os professores puderam avaliar o nível de dificuldade desses profissionais.


De acordo com o técnico da Coordenação Estadual do Cadastro Único, Jean Silveira, pessoas de outros municípios também estão participando do curso. “Vieram de Mesquita, Caxias, Seropédica, Nilópolis e outros. O objetivo do curso é de que esses funcionários estejam aptos a fazer as entrevistas e preencher os formulários e deixar claro cada informação para o usuário, já que esse cadastro é a porta de entrada para alguns programas sociais como, Bolsa Família, Id Jovem, isenção na taxa de concurso público e outros mais”, informou Jean ao lado da coordenadora Estadual do Cadastro Único, Ane Lima.

“Estamos sempre buscando parcerias para capacitar nossa equipe de forma que tenham condições de executar com excelência o trabalho e atender a população com mais dignidade”, ressaltou o secretário municipal de Assistência Social e Cidadania, Diogo Bastos. Cristiane Marçal trabalha no Cras de Santa Marta há sete meses e está empolgada com o curso. “Capacitação maravilhosa. Estou tirando todas as minhas dúvidas e vou poder ajudar ao próximo a conseguir se cadastrar nos programas”, disse. Solange Capaz concorda com Cristiane. “Estou há dois meses no cadastro único. E é sempre bom aprender. Agora sei como fazer as perguntas”, finalizou.

O que é Cadastro Único?

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é a ferramenta de identificação e caracterização socioeconômica das famílias brasileiras de baixa renda. É um importante instrumento de planejamento de políticas públicas, pois proporciona, em uma só base, um retrato abrangente das condições de vida dos cidadãos brasileiros mais vulneráveis, agregando informações de renda, características do domicílio, escolaridade, deficiência, entre outras.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.