Belford Roxo aplica simulado na rede de educação para mais de 10 mil alunos


BELFORD ROXO - Com o objetivo de melhorar a colocação da cidade de Belford Roxo no IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), a Secretaria de Educação aplicou em 57 escolas municipais um simulado com duração de duas horas para a avaliação Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica), que acontece em outubro deste ano, onde a média de desempenho, juntamente com os dados sobre aprovação, obtidos no censo escolar, compõem o IDEB. Cerca de 4.325 alunos do quinto ano e dois mil do nono ano realizaram a prova, além de 4.250 estudantes do segundo ano de escolaridade que passam a fazer também a avaliação. O simulado foi elaborado por professores que integram a equipe técnica da Secretaria de Educação. 




Uma das 57 escolas que realizaram o simulado foi o Ciep Municipalizado Constantino Reis, que aplicou a prova para alunos do segundo e quinto ano. O diretor da unidade, Fábio Rocha, destacou a importância desse simulado para a preparação dos alunos. "Assim o município pode mostrar o trabalho que vem realizando na educação. O simulado também vai identificar as dificuldades dos alunos que serão trabalhadas com o professor. Tenho certeza que virão bons resultados", afirmou Fábio. O professor do quinto ano, Daniel Magalhães, está na rede há cinco anos e já aplicou a prova para outras turmas. "Com o simulado, o aluno consegue ter uma base e noção de como será o Saeb. Trabalhamos ao longo do ano com esse tipo de avaliação para prepará-los", destacou Daniel. 


A professora Luzinete Feu da Silva, que tem 25 anos na rede, está à frente do segundo ano do Ciep Constantino Reis. Para ela, a alfabetização é um processo que a pessoa vai aprimorando e essa prova segue na mesma linha. "Esse simulado aprimora os alunos para a vida e para as demais provas, concursos e outras grandes avaliações", concluiu. Outra escola que também realizou o simulado unificado foi a Escola Municipal Manoel Gomes. A orientadora pedagógica da unidade, Carla Indiara Pereira, explicou que o simulado serve de alerta. "Precisamos que mais alunos se conscientizem, participem e deixem pra trás o descaso com a prova. O simulado atua também como estímulo aos alunos e os colocam em contato com esse tipo de avaliação. Desejo sucesso aos alunos nessa etapa decisiva de preparação e que possam pôr em prática os conteúdos trabalhados, não só neste ano letivo, mas ao longo do ensino fundamental", finalizou Carla. 

Saeb

O Saeb é composto por um conjunto de avaliações externas em larga escala que permitem ao Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas) realizar um diagnóstico da educação básica brasileira e de alguns fatores que possam interferir no desempenho do estudante, fornecendo um indicativo sobre a qualidade do ensino ofertado, de modo a oferecer subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas com base em evidências. As provas de Língua Portuguesa e Matemática para o 2º ano e as de Ciências da Natureza e Ciências Humanas para o 9º ano já usarão matrizes alinhadas às Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A aplicação dessas provas, entretanto, não será para todas as escolas, apenas para as sorteadas para participar da aplicação amostral.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.