Olimpíada da Cidadania completa 25 anos promovendo inclusão pelo esporte


BELFORD ROXO - Outubro é um dos meses mais esperados por milhares de crianças e adolescentes do Estado do Rio de Janeiro, quando tradicionalmente ocorre a Olimpíada da Cidadania, maior evento esportivo da Baixada Fluminense. Organizada pela ONG Sublime, com patrocínio da Bayer, os jogos completam 25 edições, cumprindo a missão de promover a inclusão a partir do esporte para garotada de diversos municípios, com todas participações e entradas gratuitas.


Até o dia 30 de novembro, os participantes vão competir em 20 modalidades no total, entre elas, karatê, natação, tênis de mesa, badminton, ginástica rítmica e atletismo. Os jogos ocorrem sempre nos fins de semana e feriados. Assim como nos Jogos Olímpicos, as chamas da pira olímpica marcaram o início da competição. A atleta Glauciele de Souza, campeã em várias corridas de longa distância, incluindo a meia maratona de Niterói, foi responsável pelo percurso da tocha até acender a pira olímpica. Glauciele participou pela primeira vez da Olimpíada da Cidadania há 11 anos. Hoje, com 22 anos, pretende seguir carreira profissional no atletismo.


“A Olimpíada abriu portas para mim e despertou o meu interesse pelo esporte. O projeto é transformador, pois contribui para o acesso ao lazer e ao esporte. Hoje, também penso no atletismo como carreira. Curso faculdade de Educação Física e participo de diversas competições pelo Brasil.”, conta a atleta de Belford Roxo, campeã brasileira sub23 na categoria 1500m.

Idealizadora e organizadora do evento, Jandyra Rosa, presidente da ONG Sublime, avalia a evolução do projeto ao longo desses 25 anos. “É uma grande vitória chegar à 25ª edição de um evento esportivo que começou com 300 crianças, em 1995, e hoje atingiu uma grande proporção, com mais de 10 mil atletas anualmente. Fico muito feliz de poder contribuir para diversão e alegria de milhares de crianças e jovens. Meu sonho é que a Olimpíada seja ainda mais reconhecida para incentivar o desenvolvimento de recreações esportivas na Baixada Fluminense”, conta.

O Diretor do Parque Industrial da Bayer, Christian Schleicher, explica que o evento estimula a prática esportiva. “A Olimpíada da Cidadania é um projeto grandioso de incentivo à prática de esportes. O projeto estimula a disciplina e gera autoestima nos jovens atletas pelo reconhecimento de superação dos seus limites. Projetos como este têm um grande potencial transformador na vida das pessoas e é por isso que a Bayer, que preza pelo desenvolvimento da saúde e da qualidade de vida, se orgulha ao ver a realização de mais uma edição, este ano comemorando 25 anos. Eu acho isso muito gratificante. Parabéns!!”, afirma.

Já o Consultor de Relações com a Comunidade da Bayer, Márcio Hoffmann reforça que, além de incentivar o esporte, os jogos têm como objetivo a integração entre diversas comunidades não somente da Baixada Fluminense e demais municípios do Estado do Rio de Janeiro, como também de outros estados da região Sudeste. “Em um ambiente acolhedor, mas também competitivo, todos celebram o esporte e a alegria de participar do evento. Ficamos contentes pelo grande número de atletas que este projeto maravilhoso alcança e também pelo alto engajamento de todos em prol da realização desta festa esportiva”, afirma.

Paralimpíada da Cidadania

A Paralimpíada da Cidadania chega à 14ª edição e também incentiva o esporte proporcionando a inclusão social. Crianças e jovens terão a oportunidade de participar, nos dias 28, 29 e 30 de novembro, de modalidades como natação, vôlei adaptado, habilidades motoras, futsal e tênis de mesa.

Os competidores são moradores de diferentes cidades do Estado do Rio de Janeiro tais como: Paty do Alferes, Rio de Janeiro, Nova Iguaçu, São João do Meriti, Mesquita, Duque de Caxias, Queimados, Nilópolis e Belford Roxo. As provas são realizadas em vários locais, que podem ser consultados na ONG Sublime, pelo telefone (21) 99761-5433. Todas as inscrições e entradas são gratuitas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.