CEDAE flagra ligações clandestinas em marmoraria e imóvel em Belford Roxo


BELFORD ROXO - Técnicos da equipe de Segurança Empresarial da CEDAE identificaram e cortaram, nesta segunda-feira (25/11), três ligações clandestinas de água – popularmente conhecidas como “gatos” - em Belford Roxo e no Rio de Janeiro. As ligações abasteciam ilegalmente um imóvel residencial, a obra de construção de um prédio e uma marmoraria.

Em Belford Roxo foram realizadas duas operações, que resultaram no corte de duas ligações ilegais. A primeira, com diâmetro de meia polegada, abastecia uma marmoraria na Rua Retiro da Imprensa, em Vila Heliópolis. O “gato” mantinha abastecida caixa d'água com capacidade de armazenar 5 mil litros.

A segunda atuação identificou ligação clandestina de meia polegada em imóvel na Rua Tupinambás, no bairro de Heliópolis, que utilizava o “gato” para abastecer caixa d'água de mil litros. Os dois casos serão registrados na Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD).

No Rio, equipe da Cedae cortou ligação de três quartos de polegada que abastecia ilegalmente terreno na Rua Ana Quintão, em Piedade, onde está sendo construído prédio de seis apartamentos.

Furto de água é crime tipificado no artigo 155 do Código Penal. Denúncias de ligações clandestinas de água podem ser feitas pelo site www.cedae.com.br ou pelo telefone 0800-282-1195.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.