Diarista faz cursos gratuitos da Prefeitura Belford Roxo e consegue vaga no mercado de trabalho


BELFORD ROXO - Com o desemprego em alta, a solução que muitas pessoas estão encontrando é a qualificação profissional. Este é o caso da diarista Márcia Mara da Silva, 48 anos, que recentemente fez três cursos oferecidos gratuitamente pela Secretaria de Trabalho de Belford Roxo: massoterapia e técnicas de relaxamento aplicada ao idoso, spa de pés e mãos e massagem modeladora.

Desempregada há sete meses, Márcia aproveitou os conhecimentos dos cursos e fez uma visita para aula prática em um lar de acolhimento de idosos no bairro Rio Comprido, Zona Norte do Rio. No local fez amizade e recebeu um convite para cobrir férias de uma pessoa que cuida de uma idosa no Leblon, Zona Sul. “Foi uma experiência muito boa que o curso me proporcionou, pois pude mostrar o que aprendi. Além disso, o dinheiro que recebi deu para pagar todas as minhas contas. Soube que a Secretaria irá abrir curso de cuidadora de idosos. Serei a primeira na fila de matrícula”, disse Márcia Mara não segurando o riso.


O secretário municipal de Trabalho, Álvaro Nuna, explicou que já está em fase final com o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) a elaboração de um convênio para a implantação do curso de cuidador de idosos. “Nosso objetivo é oferecer qualificação para que muitas pessoas possam disputar a vaga no mercado de trabalho”, destacou Álvaro Nuna, ao lado do secretário adjunto, Adriano Nascimento.

A professora Cláudia Hosana destacou que, em janeiro, a Secretaria lançará o curso Estimulação para o Idoso Saudável e o não Saudável. Segundo ela, os alunos aprenderão diversas técnicas, como por exemplo, o preparo de uma mesa para o idoso, além de saberem aplicar os jogos que estimulam a memória. “Nosso curso são muito procurados. Só para se ter uma ideia, o de massoterapia tem mais de 200 pessoas em uma fila esperando vaga. Procuramos sempre oferecer o melhor aos nosso alunos”, destacou Cláudia Hosana, que é pedagoga e fisioterapeuta especializada na área do idoso.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.