Mais de 50 ônibus de uma única empresa foram feitos de barricadas pelo tráfico em Belford Roxo


BELFORD ROXO - Mais de 50 ônibus de uma única empresa foram utilizados por traficantes como barricadas contra operações da polícia na Baixada Fluminense só esse ano, segundo um levantamento da Transporte Flores.

De acordo com a empresa, 58 veículos da linha 469I - que faz o trajeto Santa Tereza e Pavuna - já foram interceptados a mando do tráfico para impedir o acesso de policiais à região.

No início de dezembro, o Globocop flagrou quatro ônibus da linha parados em ruas do Complexo de Santa Teresa, em Belford Roxo, como barricadas. Um dos motoristas afetados, que não quis se identificar, afirma que a possibilidade de tiroteios é a principal preocupação.

"Eles pedem para atravessar o carro e todo mundo tem que desembarcar. Aí cada um é por si, tem que se refugiar em algum lugar. Pode começar um grande tiroteio ali naquele momento", diz. Segundo moradores, até a coleta de lixo é prejudicada pela ação dos traficantes.

Ainda segundo um levantamento feito pela empresa, 71% dos condutores apontaram a violência urbana como o principal medo no trabalho. Metade tem medo de assaltos e 32% de tiroteios.

Desde janeiro de 2018, 10 motoristas foram afastados de suas funções por consequências psicológicas como estresse pós-traumático e violência física.

Além dos motoristas, os passageiros também são prejudicados. Segundo a Transportes Flores, na ação em Belford Roxo, os veículos ficaram parados no local por aproximadamente 7 horas na região em que 100 mil pessoas precisam do transporte mensalmente para se locomover.

Via G1

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.