Durante vacinação, secretário anuncia reabertura da sala de teste do pezinho da Policlínica de Heliópolis


BELFORD ROXO - A Prefeitura de Belford Roxo colocou 30 postos à disposição da população no último sábado (01-02) para o Dia D contra o sarampo. O secretário municipal de Saúde, Christian Vieira, abriu a campanha na Policlínica Regional de Heliópolis. Ao todo, o município aplicou 3.274 doses de vacina no Dia D, cujo público alvo são as pessoas na faixa etária de 6 meses a 59 anos de idade. Christian Vieira anunciou ainda que reabrirá a sala de teste do pezinho da policlínica

Logo cedo, uma pequena fila começou a se formar na Policlínica Regional de Heliópolis. Uma das primeiras a se vacinar foi a dona de casa Maria da Paz, 43 anos, que estava acompanhada pela filha Beatriz, 2. "O atendimento foi rápido e fico feliz em poder ajudar a combater o sarampo, resumiu.

Christian Vieira percorreu as dependências da policlínica de Heliópolis conversou com as pessoas que estavam na fila e funcionários. O secretário destacou que o Dia D transcorreu tranquilamente e sem nenhum problema de falta de vacina. “A vacinação é importante, pois sarampo não é brincadeira. Estou há três meses comandando a Secretaria de Saúde e me esforçando para que tudo transcorra da melhor maneira possível.

O secretário aproveitou a oportunidade para anunciar que, na quarta-feira (05-02), às 9h, reabrirá a sala de teste do pezinho, que está fechada há 11 anos na Policlínica de Heliópolis. “Aos poucos, vamos ajustando as coisas. Contamos sempre com o apoio da deputada federal Daniela do Waguinho e do deputado estadual Marcio Canella, que enviam emendas destinando verbas para a Saúde de Belford Roxo”, finalizou Christian Vieira. “Até março, iremos climatizar a entrada da Policlínica de Heliópolis, colocando uma porta de vidro na recepção e fechar os vãos laterais para instalarmos o ar-condicionado”, complementou o secretário, indo em seguida, com a secretária adjunta Ana Carolina, para a Unidade de Saúde da Família (USF) Dona Isaura, em Heliópolis.

A dona de casa Joseane Gonçalves de Paula Belo, 55, foi uma das primeiras a ser vacinada. Ela contou que sua caderneta de vacinação está em dia. “Estou fazendo curso de cuidadora de idosos e um dos requisitos e que tenhamos tomado todas as vacinas. Sempre tomei todas as vacinas, pois acho importante se proteger”, encerrou.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.