Waguinho vence na Justiça e volta a administrar sem apoio de liminar


BELFORD ROXO - “Sempre confiei na Justiça!” A frase é do prefeito de Belford Roxo, Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, nesta terça-feira (04-02), após o Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro derrubar a denúncia do Ministério Público que pedia o afastamento do prefeito. O resultado foi 4 a 3 para Waguinho.

No ano passado, o Ministério Público fez uma denúncia contra Waguinho, que ficou fora do cargo por 40 dias. O prefeito entrou com um pedido de agravo de instrumento. Como a decisão estava demorando, Waguinho recorreu ao Supremo Tribunal Federal e conseguiu a liminar que garantiu seu retorno ao cargo, enquanto aguardava o julgamento.

No julgamento desta terça-feira, prevaleceu o voto da desembargadora Mônica Toledo, que destacou que Waguinho já havia conseguido uma liminar em Brasília, ficando explícito que o prefeito teria de voltar ao cargo. A desembargadora enfatizou que as provas apresentadas pelo Ministério Público foram insuficientes para afastar Waguinho, que administra agora o município de forma plena.

Com o resultado, Waguinho não está administrando o município com liminar. Ele e o deputado estadual Marcio Canella, que estava arrolado na denúncia, agora exercem os mandatos sem nenhum entrave jurídico.

O prefeito Waguinho disse que sempre confiou na Justiça e nunca deixou de acreditar que conseguiria voltar a governar o município sem o apoio de liminar. “A Justiça é uma das instituições mais respeitadas no Brasil e minha confiança nela é inabalável. Tenho certeza que eu e o deputado Marcio Canella somos inocentes. Acredito que nosso trabalho em benefício da população incomoda muito, mas continuaremos firmes nesta luta cumprindo esta missão com orgulho”, argumentou Waguinho.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.