Profissionais da Saúde Mental de Belford Roxo adaptam trabalho em tempos de isolamento social


BELFORD ROXO - A equipe de profissionais que cuida da saúde mental de Belford Roxo está trabalhando para continuar tratando as pessoas sem desrespeitar o isolamento social. Os três Centros de Atenção Psicossocial (Caps) da cidade estão produzindo, semanalmente, conteúdos em vídeo com orientações que possam ser úteis para os usuários durante a pandemia. Temáticas como atividades a serem realizadas com as crianças em casa, violência doméstica saúde do trabalhador e como a pandemia pode influenciar no aumento do abuso de substâncias psicoativas, estão sendo abordadas pelos profissionais dos Caps em formato de vídeo.

O secretário municipal de Saúde, Christian Vieira, destacou a importância do trabalho produzido pela equipe de Saúde Mental de Belford Roxo, que funciona muitas vezes como apoio às famílias. “A dedicação dos funcionários é fundamental para que as dinâmicas e os tratamentos surtam os efeitos desejados. Além disso, a participação da família é muito valiosa”, ressaltou.

Psicólogos, pedagogos, assistentes sociais e outras especialidades gravam os vídeos e material é enviado para a rede de contatos dos Centros. “Sabemos que estamos vivendo um momento difícil para todos. A nossa ideia é amenizar os impactos do isolamento social e promover saúde mental durante a pandemia”, declarou Paulo Patrocínio, diretor de Saúde Mental do município.

Paulo conta que a programação deste ano estava recheada de atividades coletivas e comunitárias. A “Feijoada da Saúde Mental”, a “Marcha do Autismo” e diversas palestras precisaram ser canceladas devido à orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) para que se evitem aglomerações. Por isso, a equipe vem trabalhando com alternativas digitais.

Neste mês, dia 18 de junho, o Caps II está promovendo o “II Fórum do CAPS II de Belford Roxo: Saúde Mental dos profissionais em tempos de pandemia”. O evento acontecerá online pela plataforma do “Google Meet” e todos podem participar. Para se inscrever, é só acessar o link( https://bitlybr.com/J7uj)


Além disso, já está em funcionamento o projeto “Cuidando de quem cuida”, canal de atendimento psicolfógico para funcionários da saúde, que funciona através do número de telefone (21)99071-9637 ou no e-mail coordenacaosaudementalbr@gmail.com.

Os Caps da cidade estão funcionando seguindo as recomendações das autoridades de saúde, mantendo apenas os atendimentos individuais e casos de emergência

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.