Traficante acusado de assaltar grávida que levou tiro na cabeça é morto em guerra do tráfico


BELFORD ROXO - Na guerra pelo domínio do tráfico de drogas do morro do Machado, controlado pela facção Terceiro Comando Puro (TCP), dois homens foram mortos, Pablo Santos da Silva, o “PL” chefão da Caixa D’Água, integrante da facção Comando Vermelho (CV) e Marcos Vinicius da Silva Baia, o “Zidane” traficante no morro do Machado. O confronto aconteceu na madrugada desta segunda-feira (16). 

Segunda a polícia, “Zidane” é quem estava comandando a tentativa de assalto no Bom Pastor, onde a grávida Michelle Ramos Nascimento, de 33 anos, foi baleada na cabeça. Ela foi socorrida ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, onde Michele e seu bebê, Antônio, lutaram pela sobrevivência e se recuperaram sem nenhuma sequela. 

Relembre o caso 

A tentativa de assalto aconteceu em Belford Roxo, enquanto Wallace Araújo da Silva, 34 anos, marido de Michele, a levava para o trabalho de carro. Quando o casal foi interceptado por um veículo vermelho e dois homens saíram do carro e um deles efetuou um disparo de arma de fogo, onde o tiro acertou a cabeça de Michele que estava no banco de trás do veículo. Ela foi socorrida no Hospital Geral de Nova Iguaçu e foi submetida a uma cesárea de emergência. Michelle teve a recuperação rápida e acompanhou o filho Antônio que ficou internado na incubadora durante três semanas. Tanto Michele quanto o bebê não tiveram nenhuma sequela do incidente, o que os médicos e a família consideram ser um milagre. 

“Zidane” era traficante no morro do Machado que é controlado pela facção criminosa do Terceiro Comando Puro (TCP), e foi morto por traficantes da Caixa D’Água, quando tentavam resgatar o corpo de “PL”. O criminoso ainda chegou a ser levado a UPA Bom Pastor, mas morreu antes de recebeu os primeiros atendimentos.



Via Notícias de Belford Roxo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.