Tarifa de água da Cedae será reajustada em 5,93%, a partir de 1º de agosto

Hidrômetros: tarifas de água vão ficar mais caras a partir de agosto 
Foto: Arquivo

RIO - A partir de 1º de agosto, as tarifas de água para consumidores da Cedae no Estado do Rio serão reajustadas em 5,9390%. Na prática, o consumidor pagará três correções em uma: uma parte diz respeito à reposição da inflação acumulada em 12 meses, uma parcela equivale a um reajuste tarifário extraordinário, e o restante refere-se a um valor residual a ser aplicado agora. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, dia 28.

Na composição do percentual de aumento, a Cedae considerou a variação do Índice Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), de 2,8550%, acumulada no período de 12 meses entre maio de 2017 e maio de 2018.

Além disso, levou em conta um resíduo de 0,3225%, referente à diferença extraída de duas deliberações: a 3.248/2017 (que fixou um reajuste complementar de 2,5878% no ano passado) e a 3.407/2018 (que corrigiu o valor do complemento para 2,9186%, em maio deste ano).

Por fim, entraram na conta do aumento 2,6673% referentes à segunda parcela do reajuste tarifário extraordinário, previsto na Deliberação 3.249/2017.

Antes de aplicar o reajuste, a Cedae está obrigada a publicar o percentual de correção por meio de anúncios em jornais de grande circulação e na imprensa oficial, com antecedência mínima de 30 dias, para informar o aumento aos consumidores.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.