De Belford Roxo para o mundo: Johnny Walker consegue outro nocaute brutal no UFC

000-1bx3ot

Las Vegas (EUA) - Quase 15 mil pessoas acompanharam um show de perfomances no UFC 235, que aconteceu na noite deste sábado, na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA).


De Belford Roxo para o mundo, com 27 anos, o lutador nascido em Belford Roxo, no Rio de Janeiro, colocou seu nome de vez no cartel do UFC. Walker subiu no octógono pelo card preliminar e sequer deu chances para o letão Misha Cirkunov. O lutador precisou apenas 36 segundos para nocautear o rival com uma joelhada incrível. O "caça-bônus" levou mais uma vez US$ 50 mil pela "Performance da Noite".


Na comemoração, Walker se jogou no chão e acabou deslocando o ombro, precisando de atendimento médico (assista ao vídeo abaixo).

O brasileiro fez sua terceira luta no Ultimate e segue sem saber o que é perder, todas por nocaute. A vitória deste sábado vem um mês após ele destruir Justin Ledet no UFC em Fortaleza.

Na entrevista depois da luta, Johnny Walker confirmou que se lesionou na comemoração. “Sim, um pouquinho, meu ombro”, disse.

Walker não foi embora antes de soltar duas pérolas épicas.

“Se eu posso sobreviver a mim mesmo, posso sobreviver a qualquer um”, afirmou. Walker ainda fez um apelo aos fãs de Las Vegas. “Me sigam no Instagram, estou precisando de patrocinadores”.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.