Rainha da República Democrática do Congo visita Belford Roxo neste domingo


BELFORD ROXO - Neste domingo, dia 10, chega à Belford Roxo, na Baixada Fluminense, a rainha Diambi Kabatusuila Diambi Mukalengna Mukaji wa Nkashama (Rainha da Ordem do Leopardo), República Democrática do Congo.

A visita ao município irá celebrar a memória da Diáspora Africana entre os povos originários e o povo do Congo, com foco na ancestralidade dos descendentes africanos. A primeira parada da rainha em Belford Roxo será na Casa Ilé Ti Oxum La Lia Obá Ti Odou Ti Ogum Alpep - Corte Real da Nação Ijexá. O terreiro está passando por um processo de tombamento como Patrimônio Cultural e Imaterial do estado do Rio de Janeiro.


A rainha será recebida por autoridades do município. "Para o Município de Belford Roxo é muito importante a visita de uma rainha, ajuda divulgar notícias boas de nossa Cidade. Parabéns ao Pai Zezito, pelo trabalho social que desenvolve a décadas na Região do Amorim, e chamar atenção de uma Rainha” disse, o  secretário de cultura de Belford Roxo, Bruno Nunes.

Para Pai Zezito é importante o apoio da Prefeitura e do Conselho de Igualdade Racial na ajuda para receber a Rainha do Congo.

O Congo faz parte do grupo de países africanos de etnia bantu. Os bantus foram os primeiros africanos que pisaram no solo brasileiro na época da colonização, e foram de suma importância para a nossa identidade cultural, pois eles contribuíram na formação do samba, na culinária, na linguagem, nos Candomblés de etnia bantu, nos cultos aos ancestrais, e nas práticas medicinais e ritualísticas que favoreceram o nascimento da Umbanda.


Rainha Diambi Kabatusuila

A rainha Diambi Kabatusuila foi coroada como a governante do povo Bena Tshiyamba de Bakwa Indu, da região central de Kasaï, parte do antigo Império Luba, na República Democrática do Congo, em 31 de agosto de 2016. Agora detém o título de Diambi Mukalenga Mukaji Wa Nkashama (Rainha da Ordem do Leopardo). Em Kinshasa, capital e maior cidade da República Democrática do Congo, ela faz parte da Associação de Autoridades Tradicionais e Consuetudinárias do Congo.


Via Notícias de Belford Roxo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.