Detran pode ser alvo de investigação contra quadrilha de roubo de carros, diz delegado


BELFORD ROXO - A Polícia Civil afirma que os próximos passos da investigação contra uma quadrilha especializada em roubo de carros, contra quem foi feita uma operação nesta quinta-feira, é investigar uma possível participação de funcionários do Detran no esquema. O delegado Alessandro Petralanda, titular da DRFA, responsável pelas investigações, quer saber como os criminosos conseguiam clonar os automóveis tendo acesso aos documentos dos veículos.

Outra suspeita é sobre como os criminosos conseguiam o lacre das novas placas, ainda no processo da clonagem dos carros.

"Essa é uma outra fase da investigação de como eles conseguiam os espelhos de documentos dos veículos para poder fazer a clonagem", conta o delegado. "Isso tudo será comprovado através de perícia".

Petralanda diz ainda que os próximos passos dos trabalhos dos policiais é destrinchar a investigação para que outras ramificações da quadrilha sejam presas também. Seis carros, cinco motos e um caminhão foram recuperados na operação de hoje.

ATUAÇÃO

A operação desta quinta aconteceu no Morro da Caixa D'Água, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Os policiais cumpriram cinco dos seis mandados de prisão expedidos pela Justiça. Um dos bandidos, no entanto, morreu ao reagir a abordagem dos agentes.

O grupo é liderado por Tiago Batista, conhecido como TH. Além dele, foi preso Vanio Amancio Freitas, responsável pela retirada de alarmes e rastreadores dos veículos roubados; e Igor Ferreira Pitta, que seria o receptador das peças dos desmanches dos automóveis.

De acordo com o delegado, depois que o automóvel era roubado, os criminosos conseguiam um eletricista para retirar o GPS e depois fazia a clonagem do carro. O veículo, então, era repassado para comparsas do Morro do Turano, no Rio Comprido, na Zona Norte da capital, para que ele fosse revendido.

Via O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.