Belford Roxo comemora Dia Nacional do Teste do Pezinho


BELFORD ROXO - A Prefeitura de Belford Roxo realizou nesta quarta-feira, dia 5 de junho, na Policlínica Neuza Brizola, no Centro, um evento para comemorar o Dia Nacional do Teste do Pezinho, lembrando a importância da triagem neonatal. A ação contou com palestra e distribuição de material informativo para os pais que buscavam o exame no local, que é um dos cinco pontos de coleta gratuita no município. A ação é uma iniciativa da Secretaria de Saúde, através da Divisão de Atenção Integral à Saúde da Mulher, Criança e Adolescente.

Considerado um dos exames mais importantes para detectar possíveis problemas na saúde dos bebês, é realizado preferencialmente entre o terceiro e quinto dia de vida do recém-nascido. Desde 1992 o teste do pezinho se tornou obrigatório em todo o território nacional.


Na rede pública o teste diagnostica hipotireoidismo congênito(doença endócrina mais frequente na infância, é a causa mais comum de retardo mental evitável), hiperplasia congênita de supra renal (constitui um grupo de disfunções metabólicas caracterizadas pelo crescimento exagerado e estimulação crônica do córtex da glândula supra renal), fenilcetonúria (é uma doença rara, congênita e genética, na qual a pessoa nasce sem a capacidade de quebrar adequadamente moléculas de um aminoácido chamado fenilalanina), fibrose cística (doença genética que compromete o funcionamento das glândulas exócrinas que produzem muco, suor ou enzimas pancreáticas) , anemia falciforme (doença hereditária caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue. Essas células têm sua membrana alterada e rompem-se mais facilmente, causando anemia) e deficiência da biotinidase (doença congénita do metabolismo da biotina que, se não tratada, é caracterizada por convulsões, problemas respiratórios, hipotonia, erupção cutânea, alopecia, surdez e atraso no desenvolvimento).

“Fizemos essa ação com o objetivo de oferecer um trabalho humanizado. É fundamental que as famílias tragam os bebês ainda nos seus primeiros dias de vida. O exame detecta doenças que, se tratadas com rapidez, as crianças terão muito mais qualidade de vida”, afirma a técnica de enfermagem responsável pela Sala do Pezinho, Rosinete de Freitas.

Mãe de primeira viagem, Juliana Cristina, de 28 anos, levou o pequeno Sebastian, com 17 dias, para fazer o teste do pezinho. “Quero o melhor para o meu filho, e por saber que é importante para a saúde dele, que estou aqui”, disse ela que mora no bairro Areia Branca.

Teste em Belford Roxo

O teste do Pezinho está disponível em cinco pontos da cidade. Na Policlínica Neuza Brizola, no Centro, a coleta acontece às quartas e quintas. Na Policlínica Nova Aurora, às quartas e sextas. Na Policlínica Parque Amorim, sempre às segundas e terças. A Policlínica de Santa Maria oferece o exame às segundas, terças, quintas e sextas. E na Unidade Básica de Saúde (UBS) Manoel Filho, no bairro Barro Vermelho, às segundas e terças. O horário para coleta é sempre das 8h às 11h.

Cada polo faz mais de 100 testes por mês. A triagem é feita pela APAE-RIO e o resultado fica disponível em 20 dias, no site da própria instituição. Não é necessário fazer marcação, e as crianças são atendidas por ordem de chegada. É preciso levar a documentação e o cartão do SUS da mãe.

Para o Teste do Pezinho, é coletada uma amostra de sangue a partir do calcanhar do bebê com a retirada de algumas gotinhas de sangue para análise. O exame é feito no calcanhar porque é a uma região rica em vasos sanguíneos e menos dolorosa, facilitando a coleta.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.