Programa Educacional de Resistência às Drogas forma mais de 700 alunos em Belford Roxo


BELFORD ROXO - A Prefeitura de Belford Roxo, através da Secretaria de Educação, em parceria com a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, formou cerca de 720 alunos que participaram do curso do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), na Igreja Nova Vida, em Heliópolis. Os estudantes, todos do 5º ano de escolaridade, são de 10 escolas municipais, onde um aluno de cada turma foi agraciado com uma medalha sendo destaque no curso e um de cada escola pela melhor redação. O projeto já está na cidade de Belford Roxo há cinco anos e já formou mais de 10 mil alunos.

A secretária adjunta da Educação, Eneila Lucas, elogiou o projeto e a parceria com a PM. “Essa união é maravilhosa. Vejo os instrutores empenhados em passar as lições para as nossas crianças e tratar da importância de resistir, prevenir e entender o conceito das drogas. Dizer não às drogas desde tão jovens no nosso município é muito importante, apesar da violência de hoje em dia. E uma novidade é que os pais participaram de algumas aulas nas escolas”, informou Eneila.

Os sargentos Lacerda, Gerson, Almeida e o subtenente Elton são os instrutores do Proerd em Belford Roxo e garantem que o foco é ensinar a criança a pensar e tomar boas decisões desde cedo. “As aulas são semestrais, com 10 lições como modelo de tomada de decisão, riscos e consequências e fazer a criança ter ciência do mal que a droga faz. Nosso público alvo é o 5º ano, mas também ministramos palestras para o 9º ano e o ensino médio. Ao final do curso, os alunos fazem uma redação com o que eles aprenderam nas aulas. Os melhores textos são premiados”, concluiu o sargento Almeida.

A professora do 5º ano da Escola Municipal Sargento Euclides, Teresinha Maria, gostou tanto do programa que queria que ele se estendesse para toda a rede. “É importante fazer com que a criança entenda que tem que ficar longe das drogas e violência desde cedo. Os alunos mudaram o comportamento e passaram a cuidar um do outro, ou seja, a convivência na escola melhorou muito”, destacou Teresinha.

Os dois destaques das turmas do 5º ano da Escola Municipal Ernesto Pinheiro Barcellos, Miguel Matos e Rafaela Castro aprenderam muito com o curso. “Além de aprender, nos divertimos.  Gostamos muito dos instrutores e aprendemos a dizer não às drogas”, disse Miguel. “Os instrutores ainda nos mostraram que pessoas próximas da gente podem nos oferecer drogas. Então precisamos tomar muito cuidado”, finalizou Rafaela.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.