Bolsa Família das pessoas que não fizerem acompanhamento obrigatório será bloqueado


BELFORD ROXO - A Secretaria de Saúde de Belford Roxo está convocando os beneficiários do Programa Bolsa Família para fazer o acompanhamento obrigatório de crianças com até 7 anos, mulheres na faixa etária de 14 a 44 anos e gestantes de qualquer idade, que devem passar por avaliação de peso e altura em qualquer unidade de saúde mais próxima de sua residência. É necessário levar o NIS (Número de Identificação Social) e o cartão de vacinação para as crianças. No município há 68 mil beneficiários cadastrados, e apenas 7% fizeram o acompanhamento obrigatório da saúde. O prazo termina em dezembro, mas o ideal é que a pessoa faça a avaliação até novembro, pois em dezembro o sistema fica sobrecarregado e o beneficiário corre o risco de ficar com o Bolsa Família bloqueado.

Os objetivos são monitorar o estado nutricional através do peso e altura, verificar se a caderneta de vacinação está dentro dos padrões exigidos pelo Ministérios da Saúde e que as gestantes façam o acompanhamento do pré-natal. O Governo Federal exige ainda para a manutenção do Programa Bolsa Família os seguintes itens: matricular crianças e adolescentes de 6 a 17 anos na escola; frequência escolar mínima de 85% (alunos de 6 a 15 anos) e 75% (16 a 17 anos).

A chefe do Setor de Nutrição e responsável pelo Programa Bolsa Família na Secretaria Municipal de Saúde, Fabiana Araújo, explicou que o acompanhamento obrigatório é feito duas vezes por ano (uma por semestre). “A avaliação nutricional é importante para identificarmos indivíduos em risco nutricional e em maior vulnerabilidade social. A condicionalidade da Saúde também é benefício e garante o acesso da população. Além disso, cumprir com as compromissos evita que o benefício seja suspenso”, resumiu Fabiana.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.