Secretário de Saúde de Belford Roxo visita UPAs


BELFORD ROXO - “A melhor UPA da Baixada Fluminense é a de Bom Pastor”. A frase é de Cátia Regina, de 41 anos, que estava sendo atendida em uma das unidades de pronto atendimento de Belford Roxo, no mesmo momento em que o secretário municipal de Saúde, Christian Vieira, fazia fiscalização no posto, na quinta-feira (7/11). O secretário esteve acompanhado de sua adjunta, Ana Carolina Bravo Callado, fiscais da pasta e do presidente do Conselho Municipal de Saúde (CMS), Davi Calado. “Não tenho do que reclamar. Aqui tem bons médicos e os enfermeiros de plantão são bem atenciosos”, completou Cátia.

A primeira parada do secretário foi a UPA de Bom Pastor, que possui 15 leitos e está localizada no bairro de mesmo nome. Até a chegada dos visitantes, a unidade já havia realizado mais de 150 atendimentos, sendo que o equipamento tem a capacidade de realizar 400 consultas por dia, nas especialidades de clínico geral e pediatria. As segundas, quartas e sextas-feiras, a população pode usar os serviços de odontologia. A visita foi acompanhada da enfermeira chefe, Priscila Nocito, e os diretores, o médico Umberto Nocito e de Luiz Antônio Duque.


“O balanço foi bem positivo. Está tudo funcionando. O atendimento e os exames médicos e de imagem, como raio-x. Se fosse dar uma nota, seria oito”, resumiu o secretário Christian. A vice-presidente do CMS, Jandira Rosa, também gostou do que viu na UPA de Bom Pastor. “Constatamos que está funcionando bem, deste a porta de entrada até a limpeza. Estão todos uniformizados e credenciados”, elogiou Jandira, ao lado da também conselheira Elca Machado.

Da UPA, o secretário foi até a Rua Begonia, no bairro Jardim Redentor, onde está sendo construído um novo posto de saúde. E, por fim, ele fiscalizou o serviço na UPA do bairro Lote XV. A unidade possui 18 leitos e atende nas especialidades de clínico geral e pediatria. Quando a equipe da secretaria chegou ao local, mais de 200 pessoas já haviam sido atendidas. A UPA tem a capacidade diária de atender a 300 moradores. A visita foi acompanhada pela administradora Lígia Magna e sua adjunta Lilian Cristina.

Avaliação positiva

De acordo com o secretário Christian Vieira, no geral, a visita teve partes positivas como a medicação e insumos, mas também teve coisas negativas, que não estão dentro do padrão de atendimento, como a falta de profissionais. “Esta é a segunda vez que vou de surpresa na UPA de Bom Pastor e me deparo com um quadro positivo. O acolhimento, tempo de espera e atendimento estão dentro do padrão razoável. Agora, a unidade do Lote XV tem que melhorar esses pontos e também resolver o problema da falta de profissionais”, disse Christian Vieira.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.