Reunião intersetorial de Secretarias de Belford Roxo para acompanhar Bolsa Família


BELFORD ROXO - Com objetivo de fortalecer o vínculo entre os setores do município que acompanham o desenvolvimento das famílias beneficiadas pelo programa Bolsa Família, coordenadores da saúde, educação e serviço social de Belford Roxo se reuniram com operadores escolares e coordenadores do Centro de Referência da Assistência Social (Cras) no Ciep Constantino Reis, no bairro São Bernardo.

A reunião faz parte das estratégias traçadas pelo Sistema Presença, coordenado por Thais Martins, para aumentar frequência escolar dos beneficiários do Programa Bolsa Família. A média do município já ultrapassa a média nacional, com o percentual de 93,93%, mas a cidade ainda tem intenção de melhorar esse índice e fomentar o desenvolvimento dessas famílias também na área da saúde. 

“Acreditamos que o fortalecimento entre os setores que cuidam dessas famílias é o melhor caminho para que essas elas tenham uma assistência de qualidade e evitar evasão”, contou Thais. Durante a reunião, uma dinâmica simulou a necessidade do trabalho em equipe estar alinhado para que as famílias em situação de vulnerabilidade estejam assistidas em todos os setores e não saiam do projeto. 

A coordenadora de Saúde, Amanda Abreu, falou sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido, dificuldades e andamento dos acompanhamentos. A Secretaria de Saúde conta com a parceria da Educação e da Assistência Social para identificar casos de vulnerabilidade e oferecer assistência médica e nutricional.

Em sua apresentação, Vilson Junior, coordenador da assistência social, também fez um balanço do que vem sendo realizado na cidade, tirou dúvidas sobre o Cadastro Único e a alinhou ainda mais o trabalho com operadores escolares e coordenadores do Cras.

Thaís Martins, Amanda Abreu e Vilson Junior fazem parte da Comissão Intersetorial e cuidam do acompanhamento do desenvolvimento das famílias cadastradas no Bolsa Família. Além de garantir o recebimento do benefício por parte da família, esse acompanhamento promove a visualização do Ministério de Desenvolvimento Social para famílias que estão em situação de vulnerabilidade, fazendo com o que os Cras consigam acompanhar a mesma e contribuir para a mudança desta situação.

Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza em todo o país, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade e pobreza. Para se candidatar ao programa, é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, com seus dados atualizados há menos de 2 anos. Caso atenda aos requisitos de renda e não esteja inscrito, devem procurar os CRAS mais próximo de sua residência.

É importante que se mantenha os dados sempre atualizados informando ao Cras qualquer mudança de endereço, telefone de contato, modificações na escola, constituição de sua família como nascimento, morte, casamento, separação, adoção, entre outros. O programa busca garantir a essas famílias o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.