Belford Roxo realiza mais de 10 mil testes rápidos gratuitos para Covid-19


BELFORD ROXO - O projeto “Saúde em Ação” em Belford Roxo está a todo o vapor. Idealizado pela Secretaria de Saúde, as ações que aconteceram na última semana nos bairros da Graça, Parque São José, Xavantes, Santa Maria e Centro somaram 6800 testes rápidos gratuitos. Ao todo, o projeto já realizou mais de 10 mil testagens desde o início no dia 24-06. O prefeito Wagner dos Santos Carneiro, o Waguinho, esteve presente na ação do último sábado conversando com moradores e profissionais que estiveram na ação.

Os moradores passam por uma espécie de triagem, colhem o sangue e recebem o resultado entre 10 a 15 minutos. Os casos positivos passam pelos médicos que estão na ação e já saem com os remédios para o tratamento. Se necessário, são encaminhados para fazer tomografia ou dar entrada na internação nas unidades de referência. Ambulâncias e uma equipe do SAMU completam a estrutura oferecida pela prefeitura nessa ação de combate ao coronavírus.


De acordo com Waguinho, o compromisso do governo é de cuidar e devolver a dignidade à população. “Mais uma semana se passou com as ações de prevenção e tratamento contra a Covid-19 e mais pessoas foram testadas. Esse trabalho vai nos ajudar a intensificar o tratamento da doença no município”, resumiu o prefeito. “Os deputados estadual Márcio Canella e federal Daniela do Waguinho têm nos mandado recursos para o combate ao coronavírus, ajudando assim muitas pessoas”, acrescentou.


Após passar por nove bairros, a ação itinerante já realizou mais de 10 mil testes. “No nosso levantamento acusa de 3% a 4% de casos de contaminação ativa somente e muitas pessoas com anticorpos comprovando que já tiveram a doença e já foram curadas”, explicou Christian. O casal Marisa Peres, 62 anos e Mário dos Santos, 66, fez o teste juntos. Marisa está resfriada e não quis ficar na dúvida. “Meu marido testou negativo e eu positivo. Mas logo fui atendida pelos médicos e recebi os medicamentos necessários para o meu tratamento”, disse Marisa.


Maxwell da Silva, 51, não marcou bobeira e foi rapidamente fazer o teste. “Testei negativo, mas vou continuar me prevenindo. A ação é sensacional e importante para manter a prevenção no município e ter uma noção do número de casos”, afirmou. Grávida de 7 meses, Andrea de Matos, 22, sentiu alguns sintomas há algumas semanas. “Vim logo tirar a dúvida na ação e descobri que já tive a doença. Essa iniciativa é muito viável, ajuda as pessoas que não têm condições de fazer o teste, pois sabemos que não é barato”, enfatizou Andrea.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.