Moradoras de Belford Roxo continuam ajudando animais de rua em meio a pandemia


BELFORD ROXO - Em meio a pandemia do novo coronavírus, as dificuldades provocadas pelo isolamento social e medidas de prevenção, não impediram três amigas de continuar ajudando animais de rua. Licia, Teresa e Danda, são moradoras do bairro Bom Pastor, em Belford Roxo, e mesmo com pouco fazem muito distribuindo amor com o que pode.

Licia Regina da Silva tem nove cachorros em casa, todos adotados. Ela fica responsável por cuidar das feridas, lavar, dar remédios aos cachorros que encontram. Teresa e Danda cuidam mais da alimentação e também dos gatos.

O trio quando necessário consegue bancar castração ou garantir um lar temporário enquanto estão doentes. Elas unem esforços para buscar pessoas dispostas a adotarem esses animais.

"Cada uma ajuda da maneira como pode. Fazemos pela gente e pelos animais, para diminuir o sofrimento deles. Às vezes recebemos críticas por alimentá-los, mas tentamos castrar justamente para não fazerem mais filhotes e ter mais animais de rua", comenta Licia.

Tudo é bancado por Licia e as amigas, que se organizam para tentar pagar a castração, e mantém os animais em suas casas enquanto se recuperam da cirurgia. Depois, tentam doar para pessoas, mas nem sempre é possível, o que as obriga a devolver os animais para a rua por falta de condições de adotar mais um.

"Não ficamos com eles porque conseguir doação é muito difícil e não tem como ficarmos com mais em casa, infelizmente", explica Licia, que completa.

"Vamos gastando sem ter muita noção do valor, mas buscamos fazer dentro da nossa condição. Uma vez conseguimos uma carona e fomos até a secretaria para castrar oito gatos e uma cadela. Ou às vezes juntamos um dinheiro para castrar".

"Outras pessoas podem ajudar a diminuir os animais abandonados na rua. Quem tiver condições, ajude".

Via O Dia

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.